festivais

Secretaria Municipal de Saúde recomenda ao publico do Lollapalooza que tome vacina contra febre amarela

Orientação para quem vai participar do evento, que será realizado em Interlagos, área com recomendação para a vacina, é tomar a dose com 10 dias de antecedência

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Paulo recomenda para quem vai curtir o Festival Lollapalooza nos dias 23, 24 e 25 de março, tomar a vacina contra a febre amarela com, no mínimo, 10 dias de antecedência. O evento acontecerá no Autódromo de Interlagos, em Cidade Dutra, um dos 24 distritos com recomendação para a imunização contra a doença e que, por isso, integra a segunda fase da campanha de vacinação contra a febre amarela no município.

A orientação aos moradores da capital que ainda não foram imunizados e que pretendem ir ao festival é procurar uma unidade de referência para viajante ou um dos postos que esteja participando da atual fase da campanha. É importante lembrar que 10 dias é o tempo mínimo para que a vacina faça efeito.

Para quem não reside na capital paulista, é importante já tomar a vacina antes da viagem, um vez que é necessário o tempo para que de fato ocorra a imunização.

Para receber a dose na capital paulista, é importante apresentar a pulseira ou o comprovante de compra de acesso ao festival na unidade de saúde bem como o cartão SUS, além de comprovante de identidade. A lista das unidades que estão vacinando pode ser acessada aqui.

A SMS iniciou as ações preventivas contra a febre amarela em setembro de 2017, pelo distrito Anhanguera, na zona Norte da capital. A medida levou em consideração a proximidade da região com os chamados corredores ecológicos e foi ampliada para outros distritos da zona Norte em outubro, após a confirmação de epizootia no Horto Florestal, a primeira no município.

Desde então, a pasta vem adotando estratégias para expandir a cobertura vacinal no município. Além da ação na zona Norte, em dezembro passado foram incluídos alguns distritos da zona Sul e o de Raposo Tavares, na zona Oeste. A primeira fase da campanha imunizou mais de 1.910.695 pessoas até 24 de janeiro.

A segunda etapa da ação cautelar começou em 25 de janeiro e é composta por 24 distritos da zona Sul, Leste e Sudeste. A meta é imunizar 3,9 milhões de moradores e, até esta quarta-feira (28), foram aplicadas 2.061.913 doses, sendo 1.996.843 fracionadas e 65.070 padrão. A estratégia da SMS é incluir outros distritos do município nas próximas etapas da vacinação.

Comments

Most Popular

To Top